,

Matrículas e Renovações 2019/2020

-Música e Dança-

Para efetuar a matrícula deverá apresentar os seguintes documentos:

  • Fotocópia de documento de identificação do aluno (cartão de cidadão, passaporte ou autorização de residência) e NIF (n.º de contribuinte);
  • Fotocópia do NIF do Encarregado de Educação;
  • 1 foto original (não serão aceites digitalizações)
  • Certificado de matrícula da escola do ensino regular com indicação do ano de escolaridade que vão frequentar em 2019/2020 para os alunos dos regimes de Iniciação e Supletivo (Básico ou Secundário).
  • IBAN (Número de Identificação Bancária) para pagamento das propinas e/ ou transportes por débito direto.

Informamos que a falta de algum destes documentos impede a realização do processo de matrícula, uma vez que sem todos os elementos solicitados esta não poderá seguir os procedimentos normais. Apenas o certificado de matrícula poderá ser entregue em momento posterior ao da realização da matrícula, mas sempre até ao final do mês de julho.

Lembramos que as matrículas efetuadas fora dos prazos indicados estão sujeitas a autorização/ aprovação pela Direção Pedagógica e incorrem numa multa no valor de 40,00€.

Considera-se matrícula o ingresso pela primeira vez no curso básico e secundário de música ou de dança, bem como aquele que é efetuado após um ano ou mais anos sem que o aluno tenha efetuado a renovação da matrícula, conforme Portaria n.º 225/2012, de 30 de julho, Portaria n.º 223-A/2018, de 3 de agosto, Portaria n.º 243-B/2012, de 13 de agosto e Portaria n.º 229-A/2018, de 14 de agosto.

Caso esteja impossibilitado de comparecer nas datas específicas por motivo justificado, deverá dirigir-se aos Serviços Administrativos até à data limite para as matrículas, ou seja, sempre antes de 29 de junho de 2019.

 

Datas e horários para matrículas e renovações clique aqui > matrículas 2019-2020

Orfeão de Leiria premiado na “Gala de Reconhecimento Social” dinamizada pela Fundação INATEL

O Orfeão de Leiria Conservatório de Artes (OLCA) foi no dia 22 de janeiro, no Teatro da Trindade INATEL, galardoado na “Reconhecer – Gala de Reconhecimento Social”, em que a Fundação INATEL destaca a importância do trabalho desenvolvido no campo da intervenção social de organizações com um papel relevante no campo das políticas sociais.

O OLCA recebeu um Prémio CCD, que distingue os Centros de Cultura e Desporto, parceiros da Fundação INATEL em múltiplas iniciativas, pela atividade desenvolvida ao longo do ano e que tenha sido especialmente relevante no contexto da economia e da responsabilidade social, já que foi uma das três instituições a nível nacional com maior pontuação, por deliberação do júri do concurso.

Acácio de Sousa, presidente do OLCA, mostra-se orgulhoso desta distinção, «que reconhece o trabalho desenvolvido pela instituição na comunidade onde está inserida, promovendo a inclusão e cooperação através das artes, com projetos de relevo social, como o são o “Giróquestra”, o “Danç’Arte”, e o “Artes & Autismo”, e “Abraç’Artes – Interculturalidade”, projetos de cariz social que integram o “Incluir com Arte”, um programa criado pelo Orfeão de Leiria, para combater a exclusão social e promover a integração de todos pelas artes. »

Aqui ficam alguns dos momentos da gala:

A Fundação INATEL abraça causas sociais que promovem a inclusão de todos os cidadãos. A Gala Reconhecer revela o…

Pubblicato da Fundação Inatel su Mercoledì 23 gennaio 2019

 

Cursos Livres de Dança – Inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para os Cursos livres de dança.

Curso de Jazz

Com os Cursos de Jazz a Escola de Música do Orfeão de Leiria pretende proporcionar aos seus alunos o contacto com outras linguagens musicais. O ensino oficial sé contempla nos seus planos curriculares o ensino da linguagem “clássica”. Assim, entende-se que não faz sentido afastar-nos quer do jazz, quer de outras linguagens que fazem parte do nosso quotidiano musical.

Plano de Estudos:

1º Ano, 2º Ano e 3º Ano

Este plano divide-se em três disciplinas semanais.

45 minutos de aula de instrumento semanal

45 minutos de teoria semanal

90 minutos de Combo e Big Band (oferta)

Inscrições:

Faça a sua pré-inscrição através do link:https://docs.google.com/…/1FAIpQLSfM31gMJcmPpTaa8T…/viewform

Preçário:

Inscrição: 20€
Propina mensal: 115€
Valor anual (10 meses): 1150€

Aula de Instrumento:

A aula de instrumento é individual.
Instrumentos lecionados: clarinete, saxofone, trompete, trombone, guitarra elétrica, contrabaixo, baixo elétrico, bateria, piano, vibrafone e canto.

Aula de Teoria:

Nesta disciplina leciona-se harmonia de jazz, teoria musical e realiza-se treino auditivo, preparando os alunos para as aulas práticas.

Aula de Combo ou Big Band:

Onde se trabalham vários temas de jazz. O objetivo é desenvolver a capacidade de improvisação tocando em grupo. Neste caso poderá ser num pequeno combo ou na Big Band.

Corpo Docente:

Coordenação, Saxofone, Teoria e Combo: César Cardoso | Trompete: André Rocha | Trombone: André Ramalhais | Clarinete e Big Band: Paulo Bernardino | Guitarra: Adelino Oliveira | Piano: Tiago Ferreira | Contrabaixo: Diogo Dias Canto: Cláudia Franco | Bateria: João Maneta |Vibrafone: Paulo Santo

HORÁRIO

Pós-laboral

 

,

Concerto de Natal

No dia dezasseis de Dezembro, a cidade de Leiria irá revestir-se de esplendor, adornada da mais bela talha dourada do período Barroco.

Poder-se-ia tratar de uma penumbra fruto das pinceladas de Caravaggio, ou de uma imponente edificação arquitectada por Lourenzo Bernini, no entanto, este momento será expressado inteiramente sobre a visão de célebres criações musicais dos séculos XVII/ XVIII.

Iniciado com a imponente abertura da suite Fireworks do compositor britânico Georg F. Haendel – obra que outrora serviria para comemorar a assinatura do tratado de Aix-la-chapelle-, neste caso, assumirá um papel de recepção de boas vindas para todos aqueles que se façam presentes neste concerto.

De seguida, far-se-á ouvir o Concerto em lá m de Alessandro Scarlatti, em que a flauta bisel irá surgir com o papel solístico. Sob execução do flautista João Nuno Rocha, poderemos contar com o contributo de tal reconhecido músico, para demonstrar a beleza e virtuosismo intrínsecos na execução de tão nobre instrumento histórico.

Após percorrermos o período barroco na sua expressão inglesa, e italiana, fechamos com chave de ouro vendo-o reflectido na galeria de espelhos do Palácio de Versailles num dialecto musical Frances. Desta feita, contaremos com o contributo da herança que nos é deixada por Marc- Antoine Charpentier, na execução do seu Te Deum

– um hino de acção de graças. Iremos assim concluir este momento de inteira revisitação artística, com o contributo dos coros do Orfeão de Leiria e Coro de Câmara do Orfeão de Leiria e ainda das sopranos Daniela Matos, Lara Rainho, do contratenor David Hackston, do tenor André Lacerda e do baixo Miguel Maduro-Dias.

Toda esta vivência histórica e cultural estará a cargo da execução da orquestra Sinfónica de Leiria – na sua formação Barroca, do organista João Santos e direcção artística do maestro Nuno Almeida.

Data| 16 dezembro
Hora| 16h00
Local| Igreja Convento da Portela (Franciscanos), Leiria

Entrada livre

,

Voto de louvor ao Orfeão de Leiria

A direção do Orfeão de Leiria|Conservatório de Artes sente como grande estímulo e desafiante responsabilidade acrescida, o voto de louvor aprovado por unanimidade pela Assembleia Municipal de Leiria, proposto pela União de Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes, através do seu presidente, senhor José Cunha, na sessão do último dia 27 de abril.

É na verdade, mais um momento de grande satisfação pelo reconhecimento do trabalho feito pelo Orfeão de Leiria, não só em prol da Cultura, especialmente, com a Música e a Dança, como pela promoção que procuramos fazer de Leiria em todo o país, através de várias iniciativas das Escolas, do Coro e do Conservatório Sénior e neste caso em particular, com o Festival “Música em Leiria” que, ao ter realizado a sua 36ª edição consecutiva é, de facto, uma relevante marca cultural do Concelho, sendo também o Festival mais antigo do país, em continuidade.

Na verdade, é um evento referido por todos os órgãos da comunicação social regionais e nacionais, trazendo a Leiria artistas nacionais da mais alta qualidade, partindo agora nós para a internacionalização, também com grandes artistas de referência. Isto, sem esquecer a promoção dos nossos valores locais, professores, alunos e ex-alunos. A vinda de várias dezenas de pessoas oriundas dos mais diversos pontos do país aos nossos concertos, é a confirmação da atratividade do Festival e da projeção do próprio Orfeão e da Região de Leiria.

Contudo, isto só é possível porque diversas entidades, tanto do setor público, como do privado, reconhecem o interesse da iniciativa e entendem associar-se, como parceiros fulcrais da nossa organização, para o êxito conseguido. Acima de tudo, só é possível com o dedicado trabalho de docentes, dos alunos, dos nossos colaboradores e o apoio dos associados, que devem sentir como seu o louvor que agora foi aprovado. A direção e os órgãos sociais assumem as estratégias e sabem a quem se devem os êxitos.

É um orgulho para esta nossa Associação, que já vai a caminho dos 73 anos de existência.

Acácio Sousa
(presidente da direção)

Voto de Louvor atribuído pela Assembleia Municipal de Leiria

Crescer com as Artes – Inscrições abertas

3 aos 5 anos / Aprender pela Música!
No projecto “Crescer com as Artes” do Orfeão de Leiria Conservatório de Artes, os alunos terão oportunidade assistir a duas sessões semanais: uma de “Música e Movimento” e outra “Criativa e Experimental”, cada uma com duração de 40 minutos. Cada grupo de 10 a 15 crianças será estimulado com música e movimento, através da voz e audição de excertos gravados com instrumentos acústicos variados, música tradicional de vários países ou ainda com instrumentos ao vivo.

O objetivo é dar a conhecer às crianças os instrumentos musicais, criar momentos de composição e interpretação musical entre outros estímulos rítmicos, de movimento e improvisação.

As inscrições estão abertas na secretaria do Orfeão de Leiria Conservatório e o projeto iniciará em setembro.

,

Medalha de Mérito Municipal – Grau Prata

O Município da Batalha deliberou agraciar o Orfeão de Leiria|Conservatório de Artes com a Medalha de Mérito Municipal-Prata, no dia 14 de agosto, pelas 10.30 horas, em sessão solene nas Capelas Imperfeitas do Mosteiro de Stª Maria da Vitória.

É uma honra enorme.

É também um gosto e um estímulo maior vermos reconhecido que o nosso labor marca a Região, sendo assim entendido por munícipios que connosco trabalham. Temos na Câmara Municipal da Batalha um parceiro exigente, mas inexcedível e sempre disponível para apoiar o Orfeão de Leiria|Conservatório de Artes naquilo que coincide com o interesse concelhio. A Cultura, no que toca às manifestações da Música e da Dança e do seu Ensino Especializado, são um exemplo.

Contudo, este reconhecimento deve-se a todos aqueles que contribuem para o sucesso da Casa: os associados que nos procuram e nos mantêm em atividade permanente; os alunos que querem aprender Música e Dança e garantem as nossas Escolas; os docentes que põem a sua deontologia profissional e o seu saber na promoção da EMOL e da EDOL; os diretores pedagógicos que assumem as orientações pedagógicas e artísticas; os trabalhadores administrativos e os auxiliares, que são o suporte de todas as realizações; os coralistas que mantêm viva a génese associativa do Orfeão; os alunos do Conservatório Sénior, porque trazem o revigor das vontades; e os orgãos sociais que assumem a estratégia da instituição.

Todos são agraciados e  a todos o Orfeão de Leiria agradece  este reconhecimento público, em particular, ao Município da Batalha e à Região onde mostramos o que somos.

Acácio Sousa
(presidente da direção do Orfeão de Leiria|Conservatório de Artes)

Selo Escola Intercultural 2017

A Direção Geral de Educação e o Alto Comissariado para as Migrações, em parceria com a Fundação Aga Khan, criaram em 2008 um simbólico galardão, denominado Selo de Escola Intercultural, a atribuir de dois em dois anos, tendo sido concretizada agora a 4ª edição.
Este selo distingue as escolas que tenham valores e práticas de participação para a diversidade cultural, ou identidades plurais, que levem assim ao melhor conhecimento de cada um, ou do “outro” e de si próprio, ou ainda das condições que, sendo diferentes, terão também pontos de convergência.
Em 4 edições, o Orfeão de Leiria foi selecionado em 2014 e também na edição de 2016, cujo diploma e selo respectivo foram entregues no último dia 12 de janeiro nas instalações da Comunidade Ismailli, em Lisboa, pelo presidente desta Comunidade, pelo CEO da Fundação Aga Khan/Portugal, pelos Secretários de Estado da Educação e da Cidadania e ainda pelo Alto Comissário para as Migrações.
O Orfeão de Leiria apresentou um grupo de dança, constituído por alunos, numa “performance” alusiva à diversidade cultural.

Alunos Premiados em Concursos – Ano Letivo 2016/2017

Pedro Cardoso (guitarra)- Menção Honrosa no Concurso Internacional de Música Cidade de Almada, categoria nível I;

João Guilherme (guitarra) – 1º Prémio Ex-aequo no Concurso Internacional de Música Cidade de Almada, categoria nível II;

Pedro Rodrigues (guitarra) – 1º Prémio no Concurso Internacional de Música Cidade de Almada, categoria nível III;

Beatriz Volante (canto) – 1º Prémio no Concurso Internacional de Música Cidade de Almada

Jorge Guilherme (eufónio) – Menção Honrosa no XII Concurso Internacional de Instrumentos de Sopro “Terras de La Salette”, categoria Infantil;

José Custódio Neves (tuba) – 1º Prémio no XII Concurso Internacional de Instrumentos de Sopro “Terras de La Salette”, categoria Juvenil;

Gonçalo Soares (saxofone) – 1º Prémio no Concurso Internacional José Massarrão;

Francisca Prior (clarinete) – 2º Prémio Ex-aequo no 5º Concurso Nacional “Sons de Cabral” na 1ª categoria;

Luana Pedrosa (clarinete) – 2º Prémio Ex-aequo no 5º Concurso Nacional “Sons de Cabral”, na 1ª categoria.