,

Concerto de Natal

No dia dezasseis de Dezembro, a cidade de Leiria irá revestir-se de esplendor, adornada da mais bela talha dourada do período Barroco.

Poder-se-ia tratar de uma penumbra fruto das pinceladas de Caravaggio, ou de uma imponente edificação arquitectada por Lourenzo Bernini, no entanto, este momento será expressado inteiramente sobre a visão de célebres criações musicais dos séculos XVII/ XVIII.

Iniciado com a imponente abertura da suite Fireworks do compositor britânico Georg F. Haendel – obra que outrora serviria para comemorar a assinatura do tratado de Aix-la-chapelle-, neste caso, assumirá um papel de recepção de boas vindas para todos aqueles que se façam presentes neste concerto.

De seguida, far-se-á ouvir o Concerto em lá m de Alessandro Scarlatti, em que a flauta bisel irá surgir com o papel solístico. Sob execução do flautista João Nuno Rocha, poderemos contar com o contributo de tal reconhecido músico, para demonstrar a beleza e virtuosismo intrínsecos na execução de tão nobre instrumento histórico.

Após percorrermos o período barroco na sua expressão inglesa, e italiana, fechamos com chave de ouro vendo-o reflectido na galeria de espelhos do Palácio de Versailles num dialecto musical Frances. Desta feita, contaremos com o contributo da herança que nos é deixada por Marc- Antoine Charpentier, na execução do seu Te Deum

– um hino de acção de graças. Iremos assim concluir este momento de inteira revisitação artística, com o contributo dos coros do Orfeão de Leiria e Coro de Câmara do Orfeão de Leiria e ainda das sopranos Daniela Matos, Lara Rainho, do contratenor David Hackston, do tenor André Lacerda e do baixo Miguel Maduro-Dias.

Toda esta vivência histórica e cultural estará a cargo da execução da orquestra Sinfónica de Leiria – na sua formação Barroca, do organista João Santos e direcção artística do maestro Nuno Almeida.

Data| 16 dezembro
Hora| 16h00
Local| Igreja Convento da Portela (Franciscanos), Leiria

Entrada livre