,

Estágio de Orquestra de Sopros

DATA DO EVENTO: 08-04-2019 a 14-04-2019
4º Estágio de Orquestra de Sopros 8 a 14 de abril de 2019
Este Estágio de Orquestra de Sopros da Escola de Artes SAMP e da Escola de Música do Orfeão de Leiria decorrerá de 8 a 14 de abril de 2019 na Escola Básica 2,3 José Saraiva, Leiria.
O principal objetivo desta iniciativa é proporcionar uma oportunidade de partilhar novas experiências musicais importantes para a formação dos alunos/executantes e a possibilidade de adquirirem noções importantes ao seu desenvolvimento musical.
Neste estágio, os participantes têm a possibilidade de trabalhar um repertório destinado à formação de orquestra de sopros, com professores de elevada experiência artística, o que proporcionará, deste modo, uma oportunidade de partilhar novas experiências musicais importantes para a sua formação.
O Estágio destina-se a todos os estudantes de música e músicos de Bandas filarmónicas, independentemente do seu nível musical.
Este estágio é realizado em parceria entre as Escolas: Escola de Artes SAMP e Escola de Música do Orfeão de Leiria com o Agrupamento de Escolas Domingos Sequeira e será dirigido pelo Maestro Rui Carreira.Professores Coordenadores. Luís Casalinho e Sérgio Ventura

Inscrições em: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScpTJWFaQZtUSKbUfRfT3SF_EaqIKDUbgfK4S-rQcYWMmSaiw/viewform

Maestro do Estágio:
Rui Carreira
 
É natural de Santa Eufémia, Leiria.
Iniciou os estudos musicais na Escola de Música do Orfeão de Leiria.
Em 1990 começou a sua formação em Direção Coral com Eli Camargo Jr.. Posteriormente frequentou vários Cursos Internacionais de Direção Coral com os Maestros Alain Langrée, Edgar Saramago Ger Hovius, Hübert Velten. John Ross, Josep R. Gil, Lluis Virgili, Maite Oca, Montserrat Rios e Vianey da Cruz. Frequentou, de 1999 a 2004, o Curso de Direção de Orquestra em Dijon (França) e, de 2004 a 2007, os Estágios Internacionais de Direção de Orquestra de Leiria, ambos sob orientação do Maestro Jean-Sébastien Béreau. No âmbito do Mestrado em Direção de Orquestras de Sopros, trabalhou com os maestros Felix Hauswirth, Mitchel Fennell e J. S. Béreau.
Fundou o Coro da Casa de Pessoal do Hospital de Santo André e o CcC (Coro de Câmara Colliponensis), ambos de Leiria. Dirigiu os Corais do Orfeão de Leiria assim como o Coro de Câmara da Escola de Música do Orfeão de Leiria em colaboração com os maestros Mário Nascimento, Paulo Lourenço e Pedro Figueiredo.
Além dos Workshops de Páscoa e de Verão para Sopros e Percussão da Orquestra Metropolitana de Lisboa (OML), dirigiu vários concertos com diferentes formações instrumentais da OML. Dirigiu o X e XI Cursos promovidos pela Federação de Bandas do Distrito de Leiria e INATEL, o 1.º Estágio de Orquestra de Sopros e Percussão, em Ponta Delgada, o Festival de Bandas Filarmónicas e Curso de Direcção de Orquestra de Porto Judeu – Terceira, o VIII Estágio de Orquestra, da Ourearte – Ourém, assim como a Orquestra de Sopros das II Férias Artísticas de Tábua.
Tem trabalhado com diferentes solistas como: Ana Paula Russo, Armando Possante, Mário Marques e Sérgio Carolino,
Colaborou com o Maestro J. S. Béreau na Direção da Orquestra Sinfónica de Leiria, dirigiu a Banda Sinfónica da GNR e o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, estreando obras de três compositores portugueses. Dirigiu o Ensemble Palhetas Duplas no Concerto Comemorativo do XI Aniversário, com a obra “Au Bois de Cise” de J. S. Béreau e no concerto de homenagem ao Maestro J. S. Béreau.
Desde 2002, dirige a Banda Sinfónica de Alcobaça. onde tem desenvolvido inúmeros projetos artísticos, nomeadamente a gravação de 3 CDs, participação em diversos Concursos Internacionais, obtendo diversos prémios e participação em várias edições do Festival Internacional “Cistermúsica”.
Na Academia de Música de Alcobaça, dirige a Orquestra de Sopros e é o director artístico dos Estágios de Verão da Orquestra de Sopros e Percussão.